terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Passos

Descompasso. No meu passo a passo. Descompasso. Quisera ser uma bailarina e dançar aquela trilha de fazer chorar... Mas descompasso. Falta com no passo... Quisera ser mais social, sociabilizada, intrigada, envolvida na vida entre tantos artistas; mas descompasso. Eu ando outro tempo. Eu quis muito e tanto e talvez ainda queira alguma besteira, ser mais legal. Mas descompasso. Falta-me ritmo. Já aprendi a dançar a dois, mas não sei se mais... Talvez o meu passo a passo nessa trilha seja procurar o compasso com outros, coreografar... Falta-me corpo, sobra-me língua... Afiada feito navalha, nem sempre sabe dizer sem machucar... E só sei falar a quem sabe dançar dança das línguas... Porém e todavia, ainda não inventaram coreografia nas conversas, só na música, então, descompasso. Talvez seja desconexo esse meu blá-blá-blá, talvez, sei lá... Procuro minha trilha, continuo a procurar... Procurar não caminhar o passo da dança, e com balanço coreografar, deixar de dançar à sós... Apesar de gostar da melancolia dos solos, da beleza dos duetos, da profundidade dos monólogos.